A importância de criar listas de contatos

A importância de criar listas de contatos | Dicas Curtas

Sabe como é uma estratégia de marketing sem a criação de uma lista de contatos? Sabe qual a importância de criar listas de contatos? 

É como criar uma casa sem os alicerces, saltar sem um paraquedas ou mergulhar quando não se sabe nadar.

 

Como você está vendendo hoje?

Talvez você apenas faça anúncios na internet ou talvez nem isso!

Provavelmente você também pode nem se quer estar coletando os dados de contato de seus clientes ou possíveis clientes.

Se realmente você não esta fazendo nada disso, você tem um negócio com sérios riscos de quebrar por não conseguir garantir uma recorrência em suas vendas.

Mas não se desespere porque existe uma solução para isto: a criação de lista de contatos.

Estou sendo abrangente porque hoje é possível você utilizar várias ferramentas de criação de listas, mas em especial, o nosso querido e tradicional e-mail ainda é o queridinho para as estratégias de marketing digital.

Possibilidades ao criar lista de contatos

Mas voltando a falar da lista, preciso te apresentar algumas das possibilidades da utilização desta estratégia:

  •         Primeiro: Você pode incorporar diversas estratégias de marketing digital;
  •         Segundo: Você pode se comunicar de forma livre e sem limitações como em mídias audiovisuais, que possuem restrição de tempo no caso da tv e do rádio, e também como em panfletos, banners e outdoors que possuem um espaço limitado;
  •         Terceiro: A comunicação com a lista pode ser aplicada em vários formatos que são bastante flexíveis como: E-mail, Bot’s, Whatsapp ou Telegram;
  •         Quarto: é possível que ocorra a interação do usuário quando se envia um link para uma pesquisa, para um formulário ou acessar uma página de vendas;
  •         Quinto: É uma comunicação discreta e altamente eficiente por permitir que a comunicação seja feita especificamente com seu mercado;
  •         Sexto e por último: fornece informações e dados mensuráveis sobre os resultados de abertura, interação, segmentação e entre outros.

Com base nos pontos que acabei de descrever para você, já é possível imaginar quais tipos de oportunidades nós temos utilizando uma lista.

E-mail ainda é uma boa estratégia

Mas vou falar especificamente do nosso tradicional e-mail, que pode parecer um recurso antigo ou não muito relevante, mas adianto que cada canal de comunicação tem suas particularidades.

Mas deixando minha opinião aqui… O e-mail ainda será e por um bom tempo um canal relevante para suas estratégias de marketing digital.

Então agora vamos para alguns pontos relevantes para utilização de listas.

O erro grave

Vou começar por um erro grave que muitas empresas já cometeram ao começar a aplicar estratégias de e-mail marketing: Comprar listas de e-mails.

Quando você compra uma lista de e-mails você corre um enorme risco no que diz respeito a sua reputação no mercado e aos riscos de se tornar um gerador de spam’s para os clientes de e-mails como: Gmail, Hotmail, Yahoo Mail e muitos outros.

Os contatos dessas listas prontas podem ter se cadastrado na entrada de uma boate, ou em alguma pesquisa feita aleatoriamente em algum lugar do Brasil.

O maior problema é que eles podem não estar nem um pouco interessados em seu produto ou serviço, não fazendo parte do seu público alvo.

Pode ocorrer uma ou outra venda, mas no geral os números serão provavelmente muito negativos em relação ao investimento e expectativa que você possa ter criado em cima do número de contatos.

Construção de lista

Para construir uma lista é importante lembrar-se das dicas que dei no episódio anterior, onde você precisará inicialmente de trafego em seu site ou loja para conseguir criar suas listas.

Pois assim você terá a oportunidade de conseguir os dados de contato de um cliente ou daquele que “entrou apenas para olhar”.

Com este e-mail em sua lista você poderá no futuro aplicar as fórmulas ou regras que existem nas comunicações de marketing digital para conseguir gerar mais vendas para seu negócio.

Geralmente você precisará oferecer algo em troca para conseguir estes dados de contato, uma espécie de isca que pode ser digital ou física, para que ele faça isso por vontade própria.

A indicação de criar esta isca é proporcionar algum valor para quem irá se cadastrar, fazendo com que de certa forma, a pessoa fique com aquela sensação de querer retribuir um favor ativando o famoso gatilho mental da reciprocidade.

Em outro episódio posso abordar a criação de iscas digitais e como elas podem ser poderosas ferramentas para ajudar você a vendar cada vez mais.

Ajuda das ferramentas

Agora vem a pergunta: Como eu consigo criar um mecanismo para criar estas listas?

Hoje existem diversas ferramentas de e-mail marketing que podem te ajudar a conseguir criar várias listas de e-mails de acordo com suas necessidades.

Uma dessas ferramentas que utilizamos é o Mailchimp, que no momento da gravação deste episódio (novembro de 2017), permite que você faça a criação de diversas listas com até 2000 contatos de forma gratuita.

Segue o link para você entrar lá e conhecer todos os seus recursos: http://bit.ly/dicascurtas-mailchimp

Utilizando uma ferramenta de e-mail marketing, você tem a possibilidade de criar um mecanismo simples de captação de novos contatos de forma totalmente integrada, além de poder enviar e-mails em massa para todos os seus contatos, com ofertas, anúncios e tudo que esteja relacionado ao seu negócio.

As perguntas mais importantes

Agora se você tem uma ou mais listas precisa estar de olho em algumas perguntas que esta lista estará respondendo sempre que enviar um e-mail a ela:

  •         Primeira pergunta: Os e-mails estão sendo entregues as pessoas certas?

Levando em consideração que as pessoas deixaram seu e-mail porque algum tipo de conteúdo chamou a atenção delas, é importante que os e-mails façam sentido e que estejam conectados a algum objetivo específico relacionado ao motivo que trouxe essas pessoas.

  •         Segunda pergunta: As pessoas estão abrindo o e-mail?

Um problema muito comum é quando seus e-mails não são abertos.

Um dos motivos para que isto aconteça está relacionado ao fato de seus e-mails estarem caindo na caixa de spam ou lixo eletrônico de seus contatos, mas isto pode ser amenizado realizando algumas configurações entre seu domínio e a ferramenta de e-mail marketing.

Outro problema pode estar no assunto do e-mail, apresentando uma frase agressiva, deixando claro que é uma venda e não gerando curiosidade em quem esta recebendo este e-mail.

Conseguir encontrar um texto atraente para o assunto é de fato uma preocupação que precisa existir na hora de enviar e-mails para seus clientes.

  •         Terceira pergunta: As pessoas estão interagindo com seu e-mail?

Se o seu e-mail possui um objetivo específico que não está sendo alcançado, como pessoas clicando em um link específico, provavelmente sua mensagem tem algum problema.

Analise o conteúdo do seu e-mail e veja se ele está estruturado de uma maneira que as pessoas se sintam motivadas a tomar uma ação.

  •         Quarta pergunta: Você está alcançando seus objetivos através das campanhas enviadas por e-mail?

Agora imagine que as pessoas estão recebendo seus e-mails, estão abrindo, clicando no link, mas não estão comprando…

Teste sempre os seus links e se toda a comunicação está fazendo sentido para seu cliente.

Muitas vezes um link quebrado, ou seja, um link que não leva a página alguma, seja o problema de não estar ocorrendo vendas por exemplo.

Mas também pode haver uma desconexão entre o que é apresentado no e-mail e o que está na página de vendas.

Um exemplo

Vou exemplificar agora uma simples estratégia para você aplicar hoje em seu negócio e começar a fazer sua lista de contatos e gerar vendas para seu negócio a partir dela.

Imagine que você possui uma empresa de serviços gerais como limpeza, copa e segurança.

Você irá criar um vídeo ou e-book explicando como cuidar da limpeza de escritórios e ambientes corporativos.

Para acessar este conteúdo será necessário preencher um formulário em seu site, que fará com que seu possível cliente entre em sua lista, e então a partir deste momento será liberado este conteúdo através de um e-mail de confirmação.

Na sua ferramenta de e-mail marketing você já pode deixar configurado o envio de um e-mail, no dia seguinte, comentando sobre o conteúdo liberado, porque sua empresa é a melhor opção no mercado, apresentando uma mensagem de oferta e fornecendo um link para pedidos de orçamento.

Agora é só criar bons anúncios para seu público e acompanhar os pedidos de orçamento chegando.

Dê o primeiro passo e comece a criar listas de contatos

Muitas vezes essas ações fazem com que os clientes entrem em contato por telefone, mensagens através das redes sociais ou até visitas em seu estabelecimento.

O importante é dar o primeiro passo e iniciar o quanto antes para começar a colher os frutos dessas ações e evitar que sua empresa deixe de vender.

Claro que, sempre que você quiser fazer uma nova oferta para sua lista, será necessário apenas criar um novo e-mail e enviar para todos eles, tendo a possibilidade de gerar novas vendas a partir das pessoas que já estão na sua lista.

Comentários

Deixe um Comentário

* Indicar Campos Obrigatórios